500 anos de globalização. E o que virá?

Fonte: 500 anos de globalização. E o que virá?

Hoje, o comércio internacional é vital para a maioria das economias. Mas, há 500 anos, ele quase inexistia.

Foi quando então que tornou-se globalizado como é hoje?

O gráfico abaixo explica como isso aconteceu, ilustrando a evolução do comércio internacional ao longo dos últimos cinco séculos.

Globalização

Max Roser, autor do gráfico, divide a história do comércio internacional em quatro partes distintas:

1- Dominação colonial (1500-1800)

Ao longo do período pré-moderno, o comércio internacional era bem limitado. Para se ter uma ideia dessa limitação, antes de 1800, a soma das exportações e importações nunca tinha excedido a 10% do PIB global.

2- Começo da globalização (1800-1914)

Ao longo do século 19, os avanços tecnológicos, especialmente no setor de comunicação e de transporte, junto com a liberalização política e econômica deu origem à economia internacional. Foi então que o mundo entrou na ‘primeira onda de globalização “. Até 1913, o comércio mundial cresceu mais de 3% ao ano.

3- Guerras Mundiais (1914-1945)

A primeira onda chegou ao fim com o declínio do liberalismo e com a ascensão do nacionalismo. A partir do início da Primeira Guerra Mundial, com as nações adotando políticas protecionistas, o comércio mundial diminui. Isso durou até o final da Segunda Guerra Mundial.

4- Pós-guerra

A quarta parte da história do comércio internacional começa quando o protecionismo deu lugar à segunda – e ainda em curso – onda de globalização, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Desde então, o comércio mundial tem crescido rapidamente; Cada vez mais os países deixam o isolamento e abrem-se ao liberalismo e ao internacionalismo. Atualmente, a soma das exportações e importações é superior a 50% da produção global.

Futuro

E o que virá nos próximos anos?

Haverá 5 bilhões de pessoas online até o final desta década, e este crescimento vem de países em desenvolvimento. Esta é uma mudança fundamental. A Internet e a livre circulação de dados sustentará o crescimento do comércio internacional.

As “fábricas do futuro” serão pequenas e flexíveis e localizadas perto do cliente final. Novas tecnologias, como a impressão 3D, permitirá que pequenas empresas entreguem produtos em qualquer lugar do mundo.

O ritmo da liberalização do comércio vai continuar, com normas e regulamentos que reduzam os obstáculos ao comércio:

“Em 2020 teremos novas regras e termos de organização do comércio e de investimentos que devem permitir que os países se voltem para o sistema de comércio multilateral. Nós iremos ver mais e mais acordos plurilaterais no âmbito do sistema multilateral”, prevê Ricardo Melendez-Ortiz, co-fundador e executivo do International Centre for Trade and Sustainable Development (ICTSD).

Fonte: World Economic Forum

O post 500 anos de globalização. E o que virá? apareceu primeiro em O Futuro das Coisas.

Participe da décima edição do IHC 2016

Principal evento científico da área de interação Humano-Computador, o Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais (IHC) é um dos 40 eventos realizados anualmente pela nossa Sociedade.

Partindo da crescente adoção de dispositivos móveis e seus apps para as mais diversas tarefas do dia-a-dia nas grandes cidades, a área de Interação Humano-Computador ganha cada vez mais ambientes e contextos para considerar em pesquisas e produtos. Portanto, este ano o IHC traz como tema principal “Cidades Inteligentes” sob o olhar da Interação Humano-Computador.

Em sua programação o IHC proporciona o compartilhamento de resultados de pesquisas e é ao mesmo tempo um ambiente vibrante para troca de ideias sobre trabalhos em andamento. A submissões de artigos encerram no dia 22 de maio de 2016, corre que ainda dá tempo!

Este ano o IHC será realizado na cidade de São Paulo, entre os dias 4 a 7 de outubro.

Participe!
Para mais informações acesse: http://ihc2016.mybluemix.net/br/

 

—————————-
Fonte: sbc
Link: Participe da décima edição do IHC 2016

 

Veja os primeiros 4 minutos da aguardada série Preacher, baseada numa das HQs mais polêmicas de todos os tempos

O comediante Seth Rogen cuidou de adaptar para o canal AMC (o mesmo de breaking Bad) a HQ “Preacher“. Criada pelo irlandês Garth Ennis a HQ é uma das mais polêmicas histórias do mundo nerd, misturando temas como religião, famílias disfuncionais, alcoolismo, superpoderes, assassinatos e violência extrema. Tudo isso cercado por um senso de humor […]
Source: Infosfera

Diretório Acadêmico do Curso de Ciência da Computação

Ontem foi realizada a votação para eleger a equipe que irá compor o Diretório Acadêmico (DA) do curso de Ciência da Computação. A eleição contou com 36 votantes,  destes, 91% dos votos foram favoráveis a chapa inscrita.

A diretoria eleita ficará a frente do DA pelo período de um ano.

Os membros que a partir de agora compõe o DA de Ciências da Computação do IFRS – Campus Ibirubá são os seguintes alunos:

Presidente: Marcel Lorenzo de Pauli Heinrich;
Vice Presidente: Vagner Lauxen Guimarães;
Tesoureiro: Anderson de Souza Meinen;
Vice Tesoureiro: Vitor Hugo dos Santos Grenzel;
Secretário: Natiele Lucca;
Vice Secretário: Jaisson Duarte.

 

Parabéns aos alunos que fizeram parte da comissão eleitoral e a chapa eleita.

Estão abertas as inscrições para a Maratona SBC de Programação (Maratona 2016)

Realizada anualmente pela nossa Sociedade, a Maratona de Programação passa agora se chamar Maratona SBC de Programação.

Destinada a alunos de cursos de graduação e início de pós-graduação na área de Computação e afins, a Maratona SBC de Programação promove nos alunos a criatividade, a capacidade de trabalho em equipe, a busca de novas soluções de software e a habilidade de resolver problemas sob pressão.

A Maratona ocorre em duas fases, a primeira fase será eliminatória e ocorrerá simultaneamente no dia 10 de setembro de 2016 em várias sedes espalhadas por todo o Brasil. Sua instituição pode se candidatar para receber uma sede nesta primeira fase. Para isso, um representante de sua instituição deverá preencher o formulário de inscrição até 1 de maio de 2016. As sedes aceitas estarão cadastradas até o final do mês. A final da XXI Maratona de Programação ocorrerá nos dias 11 e 12 de novembro de 2016 em Belo Horizonte, e contará com os times classificados nas várias sedes na primeira fase.  

Inscreva seu time!

Saiba mais em: http://maratona.ime.usp.br/

Source: sbc